Escola Técnica de Queimados é inaugurada neste domingo e novos cursos são anunciados

Escola Técnica de Queimados é inaugurada neste domingo e novos cursos são anunciados

max lemos
max lemos

Obra executada pela secretaria de Ciência e Tecnologia é fruto de lei aprovada na Alerj pelo Deputado Max Lemos

 

A tão sonhada escola técnica de Queimados foi inaugurada neste domingo (26/07). Fruto de uma lei aprovada pelo Deputado Max Lemos na Assembleia Legislativa do Estado do Rio, a nova unidade vai oferecer, nesta primeira etapa, mais de 500 vagas nos cursos que serão ofertados a partir do dia 1º de julho: Assistente Administrativo; Carpinteiro de Obras; Eletricistas Instalador Predial de Baixa Tensão; Encanador Instalador Predial; Espanhol Básico I; Espanhol Básico II; e Operador de Computador. Os investimentos giram na ordem dos R$ 4,5 milhões. 

 

Já no segundo semestre, haverá mais cursos, como: Barbeiro; Inglês para Iniciante; Manicure e Pedicure; e Maquiagem. Também será implantado o Programa Seja para a Educação de Jovens e Adultos e a partir do ano que vem um polo da CEDERJ que irá oferecer cursos de graduação à distância.

 

Também estiveram presentes no evento, o presidente da Alerj, deputado André Ceciliano, o deputado Doutor Serginho, o secretário de Ciência e Tecnologia, João Carrilho, o presidente da Faetec, Iranildo Campos e o prefeito de Queimados Glauco Kaizer, além de vereadores e secretários municipais. 

 

Visivelmente emocionado, o Deputado Max Lemos comemorou a implantação da Escola Técnica de Queimados e relembrou a trajetória trilhada até a realização desse sonho. “Foi meu pai que indicou as obras do Ciep 023 quando ele era vereador e eu tenho lutado para investir no potencial desse lugar há muito tempo. Tenho plena convicção de que investir em educação e capacitação profissional é a melhor estratégia para que nossos jovens tenham uma carreira de sucesso e um futuro digno. Foi preciso muita persistência, mas conseguimos dar uma resposta aos anseios dos queimadenses”.

 

As intervenções incluíram a instalação elétrica com colocação de lâmpadas fluorescentes, pintura geral, colocação de esquadrias de alumínio nas janelas e colocação de vidros, entre outras melhorias. Nesta primeira fase, foram inaugurados 17 laboratórios, que serão utilizados em diversos cursos, entre eles: informática, encanador, carpinteiro, manicure, pedicure e design de sobrancelhas.

 

As atividades acontecerão três vezes por semana com aulas teóricas e práticas. Os interessados nos cursos gratuitos terão que ter cursado, no mínimo, a quinta-série do ensino fundamental. “O objetivo será oferecer cursos rápidos para acesso direto ao mercado de trabalho, e também técnicos e profissionalizantes, pré-vestibular social, além de graduação à distância”, frisou Lemos.

 

O secretário de Tecnologia e Ciência, João Carrilho, ressaltou a importância da inauguração da Escola Técnica e projetou o futuro da unidade. “O prédio do Ciep 023 é perfeito para esse projeto da Faetec de Queimados. Teremos uma estrutura do mais elevado nível e que vai possibilitar a expansão desse pólo. Os jovens que estudarem aqui terão tudo o que é necessário para se tornarem ótimos profissionais”.

 

A Faetec de Queimados também irá oferecer cursos de graduação à distância e a expectativa é de que o vestibular ocorra ao longo do segundo semestre. A inscrição será feita pela internet e os candidatos passarão por um processo seletivo com avaliações específicas.

 

ESPERANÇA DE UM FUTURO MELHOR

 

A jovem Carine Rodrigues de Barros, de 20 anos, marcou presença no evento de inauguração e confessou estar com ótimas expectativas a respeito da Faetec. “Estou desempregada e está difícil conseguir uma oportunidade de trabalho. As coisas estão difíceis até para os jovens. Mas agora eu estou esperançosa novamente, pois vou ser aluna da Faetec de Queimados. Vou fazer o curso de informática e espero conseguir uma oportunidade na área. Estou feliz por estarem investindo na minha geração”, concluiu.