Governo do estado inaugura obras e dá ordem de início a diversas intervenções em Itaperuna, Guapimirim e Rio de Janeiro

Governo do estado inaugura obras e dá ordem de início a diversas intervenções em Itaperuna, Guapimirim e Rio de Janeiro

max lemos
max lemos

Max Lemos, presidente da Comissão de Obras da Alerj, acompanhou os eventos, que teve desde obras de pavimentação e habitação a inauguração de campos de futebol

 

Obras de pavimentação, habitação, urbanização e de lazer. Estas foram algumas das intervenções do Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Obras, que receberam ordem de início nesta sexta-feira (01/07). Desta vez os locais beneficiados foram Itaperuna, Guapimirim e bairros das Zonas Norte e Oeste do Rio de Janeiro. As cerimônias foram realizadas pelo secretário Rogério Brandi, que representou o governador Cláudio Castro, e acompanhadas pelo presidente da Comissão de Obras da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), Max Lemos.

 

Em Itaperuna, no Noroeste Fluminense, ao lado do prefeito Alfredo Paulo Marques Rodrigues, o Alfredão, foi realizada a assinatura para ordem de início das obras de pavimentação que vão beneficiar os bairros de Boa Ventura, Colibri e Raposo com serviços de drenagem, pavimentação e colocação de meio-fio nas ruas, um investimento que será realizado pelo Governo do Estado que ultrapassam os R$ 28 milhões. Ao todo, cerca de 15 mil famílias serão beneficiadas.

 

‘Essa ainda é uma realidade em muitos lugares e precisamos transformar aquelas tristes imagens de pessoas com sacolas de plástico sobre os sapatos, para conseguirem sair de suas casas e chegar aos seus compromissos com um mínimo de dignidade, em coisa do passado. A determinação do governador Cláudio Castro é realizar por todas as cidades, seja da grande metrópole ou do interior”, ressaltou Brandi.

 

“Meu pai nasceu em Itaperuna, logo essa relação vem de berço. Em Itaperuna, tive quase três mil votos para Deputado Estadual. Sou muito grato ao povo da cidade. Poder retribuir essa confiança com importantes conquistas é muito gratificante. Mas mais do que isso, temos orgulho de ver as sementes que plantamos ainda como secretário da Seinfra dando os frutos. Além dessas intervenções, deixamos importantes projetos em andamento para a cidade, entre eles, a construção do parque de exposições, o centro administrativo do município, a pavimentação da estrada de acesso ao Instituto Federal Fluminense (IFF), entre outras. São quase R$ 100 milhões só pela Seinfra Rj”, disse Max Lemos.

 

Construção de 136 apartamentos na Baixada e Zona Oeste

Para os moradores de Paciência, na Zona Oeste da capital fluminense, e de Parada Modelo, em Guapimirim, na Região Metropolitana, a tarde desta sexta-feira vai ficar marcada na memória. Nos locais, foram assinadas as ordens de início para a construção de 136 apartamentos, por meio do Casa da Gente. O programa, criado para atender a famílias que se encontram em área de vulnerabilidade social habitacional, é o maior da história do estado e vai investir R$21,8 milhões apenas nestas intervenções.

 

Em Paciência, foi dada ordem de início à construção de 96 apartamentos do conjunto Urucânia II, e em Guapimirim para 40 novas moradias em Parada Modelo.

 

‘Temos visto o estado do Rio de Janeiro se transformar em um grande canteiro de obras, graças a essa nova capacidade de investimento. E a determinação do governador Cláudio Castro é de trabalhar para melhorar a qualidade de vida do fluminense, seja na urbanização de áreas vulneráveis, com serviços básicos como saneamento e pavimentação ou na construção e reforma de unidades habitacionais e de equipamentos sociais’, afirmou Brandi.

 

No caso de Paciência, a Cehab retomou o processo em 2019, fazendo topografia e sondagens e constatando que parte do terreno não seria adequada à construção, mas ideal para a implantação de um parque público. Já o condomínio, com investimento de R$14,1 milhões, terá seis edifícios de quatro pavimentos e 16 apartamentos cada, com dois quartos, sala, cozinha e banheiro, acompanhando a topografia do terreno.

 

‘O Casa da Gente é um programa que tive o prazer de assinar com o governador, quando ainda era secretário, para tentar diminuir não apenas o déficit habitacional, mas resgatar a autoestima dos moradores de condomínios entregues há muitos anos que nunca passaram por qualquer tipo de reforma, assim como dar a famílias que se encontram em extrema vulnerabilidade, em 17 territórios, a possibilidade de melhoria habitacional, com foco na saúde e qualidade de vida’, concluiu Lemos.

 

Investimento de R$ 2,5 milhões na reforma de cinco campos de futebol

 

No final da tarde desta sexta-feira, foram entregues cinco campos de futebol reformados, de um total de 16 que receberão novo gramado, recuperação dos alambrados e melhoria na iluminação. Apenas nesses cinco equipamentos foram investidos mais de R$ 2,5 milhões, de um programa de manutenção continuada da Empresa de Obras Públicas do Estado (Emop-RJ).

 

Para o secretário Rogério Brandi, essas obras são importantes por entregarem à população ferramentas importantes de socialização e inclusão. Ele lembrou que, em ano de Copa do Mundo, o esporte, em especial o futebol, assume uma dimensão ainda maior e atrai a atenção de milhares de jovens que sonham em representar o país em competições futuras.

 

‘Quando chegaram esse pedidos à Seinfra, o presidente da Comissão de Obras da Assembleia Legislativa, deputado Max Lemos, então secretário, pediu para que houvesse empenho dos nossos técnicos. Equipamentos esportivos são essenciais na construção de uma sociedade mais inclusiva’, frisou Brandi.

 

No campo da Borda do Mato, no Grajaú, foram investidos R$ 407 mil; enquanto no campo da Pedreira, no Complexo da Mangueira, o investimento foi de R$ 1,1 milhão. No campo La Bombonera, mesmo nome do estádio do Boca Juniors, em Buenos Aires, o Estado investiu R$ 535 mil; além de R$ 335 mil no campo Mutupiri, em Benfica; e R$ 139 mil no campo Uga Uga, na Barreira do Vasco, em São Januário.

 

“Estamos realmente vivendo um novo momento no estado do Rio de Janeiro, com obras que levam mais qualidade de vida para a população, de todas as regiões.  Continuaremos levando investimentos em obras de infraestrutura, habitação e também de lazer, porque nossa população precisa e merece”, concluiu Max Lemos.