Governo do Estado intensifica força-tarefa e identifica primeiras obras emergenciais para Petrópolis

Governo do Estado intensifica força-tarefa e identifica primeiras obras emergenciais para Petrópolis

max lemos
max lemos

O Governo do Estado realiza desde a madrugada desta quarta-feira uma grande força-tarefa para tentar minimizar os estragos provocados pelas chuvas em Petrópolis, na Região Serrana. Além de ceder diversos maquinários para atuar na limpeza e obstrução de vias, o secretário de Infraestrutura e Obras, Max Lemos, sobrevoou o município para ter um diagnóstico das áreas mais afetadas e também realizou vistorias técnicas em diversos bairros que foram afetados pelo temporal.

 

De acordo com o secretário, o governo do estado pedirá ajuda ao Governo Federal para intervenções imediatas em obras de contenção de encostas. A equipe técnica de engenharia já identificou três pontos que precisam de intervenções imediatas: as ruas Conde D’eu (Bairro Saldanha Marinho), Washington Luiz (Bairro Valparaíso) e 24 de Maio (Bairro Alto da Serra).

 

A força-tarefa conta também com o auxílio das Pastas das Cidades e de Ambiente. Até o momento, já estão em operação os seguintes equipamentos: 37 picapes, 39 retroescavadeiras, 20 caminhões pipas, 5 escavadeiras hidráulicas, oito bobcats, duas vans, três muncks, três caminhões pranchas, 41 caminhões basculantes e nove vacall. Há a previsão da chegada de mais equipamentos a qualquer momento.

 

O governador Cláudio Castro e o secretário de Infraestrutura, Max Lemos, estão desde a noite desta terça participando das ações de apoio ao município. “Cancelamos todos os compromissos desta semana para dar total apoio a Petrópolis. Já mobilizamos todas as secretarias, em especial às que possuem maquinários de grande porte, para limpar as vias da cidade o mais rápido possível, facilitando o socorro às vítimas e a passagem de insumos emergenciais”, afirmou o governador.

 

O secretário Max Lemos, falou sobre o cenário de destruição e as ações para recuperar a cidade: “Estive em diversas localidades e realmente a situação é grave. Por isso, colocamos todos os equipamentos da Secretaria de Infraestrutura e Obras estão à disposição da cidade. Identificamos locais que precisam de intervenções imediatas. Agora, o esforço é para tirar todos os moradores das localidades identificadas, interditar as residências que são necessárias e iniciar as obras da forma mais célere possível.  Seguiremos à disposição da população de Petrópolis, conforme determinação do governador”, declarou Lemos.

 

Milhões investidos em prevenção e moradia

 

Outra ação importante do Governo do Estado em apoio à Prefeitura de Petrópolis diz respeito à contenção de encostas. Na semana passada, a gestão municipal e a Secretaria de Infraestrutura e Obras realizaram a primeira reunião para traçar estratégias para obras de contenção de encostas na cidade. Esse trabalho será intensificado para definição das prioridades e intervenção imediata.

 

Além disso, entre as ações de prevenção a desastres na Região Serrana, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Obras vem investindo quase R$80 milhões só em obras de contenção de encostas em Friburgo. No município de Teresópolis também há obras preventivas em andamento, como as intervenções de contenção no bairro Salaco (R$7,8 milhões) e contenção e drenagem de Jardim Féo/Espanhol (R$49 milhões).

Fonte: SEINFRA