Max Lemos quer mobilização política em favor dos Royalties

Max Lemos quer mobilização política em favor dos Royalties

Uma audiência pública realizada na manhã da última segunda-feira (07) na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj reuniu as Comissões de Minas e Energia e de Economia. O encontro abordou o desequilíbrio que o Estado e municípios fluminenses terão em consequência das mudanças na distribuição de Royalties e participações especiais. No próximo dia 20 de novembro, o Supremo Tribunal Federal (STF) estará julgando e determinando a constitucionalidade da Lei da Partilha. Com a aprovação, o Rio de Janeiro deve perder em torno de R$ 50 bilhões nos próximos quatro anos.

Para o deputado Max Lemos a Assembleia Legislativa precisa ter um papel de importante na luta. ‘Estamos vendo o estado preocupado com a questão. A Alerj, entretanto, precisa ter uma postura protagonista com maior mobilização”, assegura Max que é presidente da Comissão de Minas e Energia.

Max Lemos disse ainda que a aprovação no STF representará a falência do estado e também de muitos municípios.

“Muitas cidades utilizam, por exemplo, esses recursos para o pagamento de serviços essenciais, como a coleta do lixo. É necessário juntar toda a classe política para impedir essa injustiça. Não podemos ter, de forma alguma, um resultado negativo no próximo mês”,

disse o deputado.